ENSAIOS de Carlos Kaliban
UMA INFORMAÇÃO POR FAVOR!

Um homem queria ir a uma determinada rua em uma cidade muito grande. Não sabendo onde a rua ficava, ele se dirigiu a um velho que estava sentado em um banco de jardim.

- “Meu bom velho, eu preciso de uma informação e provavelmente o senhor, que muito viveu e muito conhecimento adquiriu, pode me ajudar”.

A essa abordagem, o velho comentou:

- “O fato de eu ser bom ou ser mau não lhe dá nenhuma garantia quanto a veracidade da minha informação. Posso ser bom e lhe informar errado, pois errado me ensinaram. Posso ser mau e lhe informar errado apenas porque isso me daria prazer”.

Continuou:

- “Posso ter vivido muito e nunca ter saído dessa praça. Posso ter viajado o mundo todo e não ter vivido”.

Completou:

- “Talvez todo o meu conhecimento seja inútil, pois posso ser ignorante quanto a sua necessidade. Ou talvez eu seja completamente ignorante e a única coisa que eu saiba seja aquilo de que precisa. Pergunte então”.

O homem então perguntou:

- “Gostaria de saber o seguinte: Onde fica a rua da Paz Celestial?”

O velho então respondeu:

- “Você está muito longe dela. Fica no outro lado da cidade. Não há como lhe ensinar o trajeto exato para se chegar lá . Na verdade eu mesmo nunca fui lá, mas ouvi falar muito dessa rua. Não posso lhe dizer como chegar lá mas posso lhe dar uma direção. No caminho vá perguntando a outras pessoas, mais cuidado!”

- “O caminho precisa ficar bem definido para você‚ pois é quem vai trilhá-lo. Excesso de informações pode colocá-lo em estado de confusão. Falta de informações poder fazer com que caminhe sem rumo. Mas, lembre-se, cada informação tem de ser compreendida por você”.

- "Um mapa tem que se formar no seu interior, pois é esse mapa que o levará ao seu destino e não as informações”.

- “De posse deste mapa e da sua compreensão você poderá ir e voltar quantas vezes quiser, sem depender de ninguém”.

- “Siga então por essa avenida até encontrar um hospital a sua esquerda, dobre então a direita em uma rua ladeada por mangueiras e siga em frente até uma praça onde existe uma igreja e de onde saem oito ruas. Chegando lá pergunte a alguém como continuar”.

- "Outra coisa a mais: Observe ao máximo os detalhes do caminho, pois eles também lhe darão muitas informações, se você tiver a compreensão necessária".

 
 
Direitos Reservados