POESIAS de Carlos Kaliban
O SONHO - jun/1961

Eu dormi e sonhei
Sonhei que sonhava
No sonho eu pensei
Que você me amava
É um sonho, querida
Que só sonhando sonhei
És um sonho impossível
E nem em sonho a terei
Para ti nesta vida
Invisível eu serei
Para sempre, meu bem.

Feliz tu serás
A outro amando
E não pensarás
Que estou sonhando
E feliz eu serei
Somente em pensar
Que nos braços de outro
Não estás a chorar.

O destino sózinho
Caminhos traçou
E nos ensinou:
Segui teu caminho
A outro irás
E feliz tu serás.

 
 
Direitos Reservados